Cidadão Cientista

A participação da sociedade na contagem sistematizada de aves é bastante popular nos países da Europa e nos Estados Unidos, sendo crescente o número de observadores que alimenta programas de monitoramento que são usados para documentar conseqüências de ações antrópicas ao meio ambiente. DSCN8027 Todas essas atividades tem como base o conceito de Citizen Science (Cidadão Cientista), que busca envolver os cidadãos nos debates do campo científico e ampliar tanto a participação ativa quanto o compromisso da sociedade na construção de uma ciência pública e engajada. No Brasil, o Projeto Cidadão Cientista foi criado 2014 pela SAVE Brasil, visando promover a observação e o monitoramento de aves como ferramenta de conservação das espécies e seus habitats através do envolvimento da sociedade seguindo o conceito de ciência cidadã.

Desde o início do projeto já foram realizadas mais de 36 visitas à Unidades de Conservação na Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. Os grupos são formados principalmente por: observadores de aves do Paraná (Reserva Natural Salto Morato), membros do Centro de Estudos Ornitológicos (Parque Estadual da Cantareira – SP), Clube de Observadores de Aves do Rio de Janeiro (Parque Nacional da Tijuca) e Clube de Observadores de Aves da Bahia e moradores da cidade (Parque Nacional de Boa Nova). Além da coleta de dados, as atividades contribuem para a formação de grupos aliados à conservação das espécies, que em muitos casos é necessário para provocar ações no campo político. No total, mais de 50 espécies já foram adicionadas às listas de aves das Unidades de Conservação onde o projeto atua devido às atividades do Cidadão Cientista.
Os monitoramentos nas UCs são realizados periodicamente junto aos grupos e os dados coletados são armazenados e disponibilizados ao público na plataforma web eBird gerida pelo Laboratório de Ornitologia da Universidade de Cornell (EUA). O número de observadores no eBird Brasil demonstra o crescimento da observação de aves no país, atualmente são mais de 2.300 brasileiros no eBird, comparado com os 244 em 2013 e a tendência é desse número continuar crescendo.
Uma novidade para 2016 é que o projeto fez parcerias com o Observatório de Aves do Instituto Butantan e Depave 3 no monitoramentos da avifauna de parques urbanos. O Vem Passarinhar é uma caminhada mensal realizada no Parque do Instituto Butantan e em parques da cidade de São Paulo. A atividade é seguida pelo “Papo-de-passarinho”, um bate – papo com um pesquisador, e por um agradável café da manhã compartilhado. Mais de 150 pessoas já participaram da atividade só esse ano. Acompanhe as postagens no Facebook e participe das próximas atividades do projeto.

Para dicas de como se tornar um Cidadão Cientista acesse nosso manual “Quem conta mais aves encontra”.

Para participar das passarinhadas do Cidadão Cientista e muitas outras, consulte o Calendário de Eventos de Observação de Aves e Ornitologia.

Conheça o vídeo da campanha I Love List, parte do projeto Cidadão Cientista:

 

Quem conta, mais aves encontra!

Teste as suas habilidades na contagem de aves com o jogo online do Cidadão Cientista! Você também pode compartilhar seus resultados no facebook e desafiar seus amigos.

Acesse o jogo em: http://game.avistarbrasil.com.br

Treinando a contagem, seu olhar aumenta a percepção e você encontra aves em mais lugares!

 

Organização parceira

Cornell Lab of Ornithology – Cornell University

Apoiador
Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza