Workhop avalia importante área para a conservação de aves limícolas no Brasil

Workhop avalia importante área para a conservação de aves limícolas no Brasil

No dias 19 e 20 de março foi realizado em Icapuí, Ceará, o terceiro workshop SAT (abreviação em inglês para Ferramenta de Avaliação de Sítios) do Brasil, organizado pela Rede Hemisférica de Reservas de Aves Limícolas (RHRAL), Aquasis e SAVE Brasil. O workshop foi facilitado por Juliana Bosi de Almeida, gerente de projetos do novo programa em conservação de aves limícolas da SAVE Brasil.

O objetivo do workshop foi avaliar a importância do Banco dos Cajuais quanto para aves limícolas, seu estado de conservação, ameaças, etc.,utilizando a ferramenta SAT desenvolvida pela RHRAL.

Juliana Bosi de Almeida, da SAVE Brasil, foi uma das facilitadoras do workshop.

Juliana Bosi de Almeida, da SAVE Brasil, foi uma das facilitadoras do workshop.

Duas espécies categorizadas como criticamente ameaçadas de extinção na Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçada de Extinção (Portaria nº 444 de 17 de dezembro de 2014), o maçarico-do-papo-vermelho (Calidris canutus) e o maçarico-de-costas-brancas (Limnodromus griseus), são encontradas em números expressivos nesse sítio. Outras espécies ameaçadas também são encontradas na região.

A RHRAL (ou WHSRN para a abreviação em inglês) é uma estratégia de conservação de aves limícolas migratórias com foco na preservação, em escala hemisférica, dos sítios importantes para essas aves. Saiba mais sobre a estratégia RHRAL: http://www.whsrn.org/sites/default/files/file/rhral_portuguese_fact_sheet_15_01-01.pdf