Serra do Urubu

A Serra do Urubu, localizada em Pernambuco, pode ser considerada umas das regiões mais importantes para a conservação de aves na região neotropical.

Serra do Urubu Foto: Pedro Develey

Serra do Urubu
Foto: Pedro Develey

A situação crítica da região em relação à conservação e sua importância para a biodiversidade no contexto global levaram a SAVE Brasil a adquirir, em 2004, uma propriedade com 360 hectares, denominada Fazenda Pedra D’Anta e, posteriormente, reconhecida como Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN). A RPPN Pedra D’Anta é contígua a RPPN Frei Caneca, formando um fragmento florestal de aproximadamente 1.000 hectares de Mata Atlântica protegida e preservada.

A Serra do Urubu abriga 10 espécies de aves globalmente ameaçadas, sendo considerada pela SAVE Brasil e BirdLife International uma “Área Importante para a Conservação das Aves” (Important Bird Área – IBA) de ação prioritária. Para preservar este rico patrimônio, a SAVE Brasil atua em quatro frentes principais: proteção e manutenção da reserva, educação e disseminação, políticas públicas e pesquisa e monitoramento de aves.

Principais resultados:

Pintor-verdadeiro (Tangara fastuosa) Foto: Ciro Albano

Pintor-verdadeiro (Tangara fastuosa)
Foto: Ciro Albano

  •  Criação da RPPN Pedra D’Anta com 320 hectares de florestas;
  • 35 hectares restaurados com 91 espécies nativas seguindo os princípios do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica;
  • 4.500 pessoas diretamente envolvidas em atividades educativas;
  • Acordo para fiscalização ambiental na região estabelecido com os órgãos locais de policiamento ambiental, com o apoio do Ministério Público;
  • 11 anos de monitoramento das aves presentes na Serra do Urubu com um total de 272 espécies registradas;
  • Elaboração do relatório “Conservação das Aves da Serra do Urubu, Pernambuco, Brasil” e distribuição para 40 atores locais;
  • Formação de um grupo de observação de aves local (com nove meninas);
  • Construção de um centro para a recepção de visitantes dentro da Reserva;
  • Implementação de 5 módulos agroflorestais.

Organizações parceiras

Associação para a Proteção da Mata Atlântica do Nordeste, RPPN Frei Caneca

Apoiadores

Ricoh, Aage V Jensen Charity Foundation, Marshall-Reynolds Foundation, Conservation Leadership Programme, The Mohamed bin Zayed Species Conservation Fund, Ministério do Meio Ambiente, Companhia de Energia Elétrica de Pernambuco e Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

TORNE-SE UM AMIGO DA SAVE BRASIL E CONTRIBUA PARA A CONSERVAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA DO NORDESTE!