SAVE Brasil inicia expedições para censo populacional do Ortalis remota

SAVE Brasil inicia expedições para censo populacional do Ortalis remota

No dia 22 de janeiro, a equipe da SAVE Brasil iniciou o censo do ameaçado aracuã Ortalis remota no noroeste paulista. Essa foi a primeira de cinco expedições previstas que irão percorrer as regiões norte e noroeste do estado de São Paulo ao longo do ano.

Na primeira expedição já executada em janeiro, contamos com a ajuda dos observadores de aves. A precisão dos MAS_2975 (Large)dados informados foi de grande importância, maximizando nossos esforços,  permitindo selecionar as primeiras áreas de amostragem do censo populacional da espécie.

A metodologia utilizada é a recomendada para censo de cracídeos, que consiste em transecções com pontos de escuta a cada 200 metros onde são tocados o playback da ave por cinco minutos seguidos por outros cinco minutos de escuta.  Tal método se mostrou muito produtivo nessa primeira campanha.

Também navegamos 80 quilômetros pelo Rio Turvo, pois segundo a literatura e entrevistas com locais o rio é um local de encontro com a espécie. Pudemos constatar a biodiversidade única dessa região do estado.

Na área de ocorrência do Ortalis remota pudemos encontrar mais de 200 espécies de aves. Dez por cento delas sofrem algum grau de ameaça segundo a lista de espécies ameaçadas no estado de São Paulo (Decreto nº 60.133, de 07/02/2014 ). Esses dados preliminares já demonstram a importância da região e a necessidade urgente de criação de unidades de conservação para proteger a avifauna deste importante trecho do estado.

O projeto tem o apoio da Fundação Grupo Boticário.