Políticas Públicas

Apoio à Criação de Unidades de Conservação

Aliado às ações de pesquisa, educação, sensibilização e desenvolvimento sustentável, a SAVE Brasil desenvolve um consistente trabalho de articulação e apoio aos governos federal, estadual e municipal e seus órgãos ambientais, visando à criação de Unidades de Conservação em áreas críticas para a conservação de aves e da biodiversidade em geral.

Estação Ecológica de Murici, Alagoas

Estação Ecológica de Murici, Alagoas

Os esforços da SAVE Brasil nesse campo resultaram em grandes realizações:

  • Apoio ao INEA e ICMBio na criação, em 2011, do Parque Estadual Costa do Sol, com cerca de 10.000 hectares, na região dos Lagos no Rio de Janeiro, também considerada uma IBA de atuação prioritária.
  • Criação, em Junho de 2012, do Parque Nacional de Serra das Lontras com 11.336 hectares, na Bahia. Serra das Lontras é também considerada uma IBA de atuação prioritária, e assim como em Boa Nova, a criação do PARNA Serra das Lontras é resultado do envolvimento e articulação da SAVE Brasil em parceria com organizações não governamentais locais e nacionais, junto ao Ministério do Meio Ambiente, ICMBio e Governo do Estado da Bahia.
  • Criação, em Junho de 2010, do Parque Nacional (12.065 hectares) e Refúgio de Vida Silvestre (15.024 hectares) de Boa Nova, na Bahia. Boa Nova também é considerada uma IBA de atuação prioritária e a criação das unidades é resultado do envolvimento e articulação da SAVE Brasil em parceria com organizações não governamentais locais e nacionais, junto ao Ministério do Meio Ambiente, ICMBio, Governo do Estado da Bahia, e a Prefeitura Municipal de Boa Nova.
  • Ampliação, em 2010, da Reserva Biológica de Una, na Bahia, em 7.100 hectares.
  • Criação, em Maio de 2001, da Estação Ecológica de Murici, com 6.116 hectares, na IBA prioritária de Murici, em Alagoas. A criação da ESEC Murici foi resultado de uma campanha junto ao Ministério do Meio Ambiente e IBAMA, de abrangência internacional, liderada pelo Programa do Brasil da BirdLife International em parceria com a Sociedade Nordestina de Ecologia (SNE).