Oficina de Capacitação de Professores em Mostardas e Tavares (RS)

Entre 9 – 13 de setembro a SAVE Brasil e a Rede Hemisférica de Reservas para Aves Limícolas (WHSRN – sigla em inglês) estiveram em Mostardas e Tavares, Rio Grande do Sul, realizando uma oficina para capacitação para 49 professores de escolas públicas locais. É dentro desses dois municípios que se encontra o Parque Nacional da Lagoa do Peixe, um sítio de Importância Internacional da WHSRN, que possui uma grande diversidade de habitats, como campos alagados, praias, marismas e a Lagoa do Peixe, que empresta seu nome ao parque. Essa variedade de ambientes fornece alimento para as limícolas, residentes e migratórias, que usam a região como ponto de parada, sítio de invernada, ou área de reprodução. Dentre as espécies, podemos destacar o maçarico-acanelado, maçarico-de-sobre-branco, piru-piru e >10% da população do maçarico-de-papo-vermelho.

A capacitação dos professores faz parte de um projeto maior, iniciado pelas duas organizações e patrocinado pela National Fish and Wildlife Foundation, para disseminar dentro da comunidade local a importância e as características únicas da Lagoa do Peixe, uma vez que é uma região de imensa importância não só para aves limícolas, mas também para outras espécies da fauna nativa e para as próprias comunidades. O projeto tem duas fases: dar apoio às escolas para que os alunos preparem apresentações sobre a importância da região, e conduzir uma avaliação dos benefícios naturais, ou serviços ecossistêmicos, que a comunidade recebe da Lagoa do Peixe.

O workshop de capacitação de professores focou em fornecer técnicas para uso da arte no ensino de ciências, aves limícolas, serviços ecossistêmicos da Lagoa do Peixe e no importante papel da região para a migração dessas aves. O workshop foi muito bem recebido pelo(a)s professore(a)s. De acordo com uma das diretoras “…foi a primeira vez que vimos um workshop tão acolhedor, que promoveu uma troca de conhecimento… os professores ficaram tão entusiasmados que já estão discutindo as atividades que irão conduzir em sala de aula”. Os professores, inspirados, estão prontos para o próximo passo: desenvolver apresentações artísticas sobre a importância da Lagoa do Peixe para depois compartilhar com outros setores da comunidade. As apresentações serão lideradas pelos alunos e podem incluir teatro, esculturas, textos, músicas ou qualquer outra produção artística que destaque a importância da Lagoa do Peixe.

A avaliação dos serviços ecossistêmicos irá fornecer informações únicas sobre os benefícios naturais que a Lagoa do Peixe tem a oferecer para as comunidades locais e do entorno, gerando subsídio para que essas comunidades entendam o importante papel dos ambientes e da lagoa para o próprio bem-estar e sobrevivência. Desde julho de 2019 estamos coletando informações sobre os diferentes ecossistemas encontrados na região, e entrevistando a comunidade para entender como eles usam e valorizam esses benefícios. Ao final de 2019, já com os resultados da avaliação em mãos, iremos enriquecer o currículo escolar que estamos desenvolvendo para as escolas. O ensino desse currículo permitirá que os alunos aprendam em primeira mão sobre os ecossistemas que sustentam sua comunidade. Com o apoio dos professores e da SAVE Brasil, os alunos irão compartilhar essas informações com a comunidade, para que todos entendam a importância do Parque Nacional da Lagoa do Peixe.

 

limicolas em massinha macarico em tecido macaricos em mosaico macaricos na lama da LdP natureza e voce professores em acao Teachers-Mostardas Teachers-Tavares varal de macaricos

 

 

ENGLISH

Between 9 – 13 September, WHSRN and SAVE Brasil were in Mostardas and Tavares, southern Brazil, conducting a teacher training workshop for 49 teachers from local public schools. Both towns border Lagoa do Peixe National Park, a WHSRN Site of International Importance that has a diversity of habitats including shrub vegetation, marshes, flooded fields, beaches, and the namesake Lagoa do Peixe lagoon—the park’s main water body. These habitats provide a rich food source for migrating, wintering, and breeding shorebirds including >10% of the rufa Red Knot population, Buff-breasted Sandpiper, American Oystercatcher, and White-rumped Sandpiper.

 

The teacher training workshop is part of a larger project initiated by both organizations and funded by the National Fish and Wildlife Foundation. The goal of the project is to build a local constituency for the Lagoa do Peixe system because of its importance for shorebirds, other wildlife, and the local communities. The project has two phases: supporting student-led community presentations on the importance of the park and conducting an assessment of the natural benefits or ecosystem services communities receive from Lagoa do Peixe.

 

The teacher training workshop focused on providing teachers skills for the use of art to teach about shorebirds, migration and ecosystem services provided by Lagoa do Peixe. The workshop also included lessons and information on shorebirds and Lagoa do Peixe’s role in shorebird migration. The teachers were very pleased with the workshop. One Principal stated “…this was the first time we saw such a welcoming training workshop that valued our knowledge through an exchange of experiences. Teachers are so excited; they are already discussing the activities they want to take to the classroom”. The teachers left inspired and ready to tackle the next step in the project, working with their students to develop art-based presentations to share the importance of Lagoa do Peixe National Park with other local stakeholders in the community. Presentations will be student-driven and may include theatre, sculpture, writing, music, or any creative endeavor that will highlight the importance of Lagoa do Peixe.

 

The assessment of ecosystem services will gather first-hand information on the natural benefits Lagoa do Peixe offers to the local communities and communities beyond. Since July 2019 our team has been collecting biological information on the different ecosystems found in the region. The assessment also includes interviews with local community groups to understand how they use and value local benefits. The results on the ecosystem services assessment are expected to be ready by the end of the 2019. The knowledge acquired through this process will provide information to develop local communities’ awareness on the importance of the site for their wellbeing and livelihoods.

 

The results and experiences from the assessment will feed the ecosystem service curriculum being developed for the schools. Teachers will incorporate actual results into classroom activities, giving students the opportunity to learn directly about the ecosystem that supports their community. With support from the teachers and SAVE Brasil, students will lead the effort to bring this new information to their community, helping their community understand the importance of Lagoa do Peixe National Park.