Observação de aves: cada vez mais adeptos de todas as idades

O mês de março foi movimentado para equipe e observadores de aves do Projeto Cidadão Cientista da SAVE Brasil. No total foram 134 observadores de várias idades que participaram das atividades com as quais o projeto tem parcerias.

No Rio de Janeiro, no dia 11 de março, um grupo de 28 observadores participou do monitoramento participativo do Jardim Botânico organizado pelo Professor Henrique Rajão e o COA- RJ. O grupo registrou 43 espécies de aves, além de bichos-preguiça, macacos-prego e caxinguelês.

Em São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos (SP), 64 alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Mercedes Rachid Edwards deram os primeiros passos na observação de aves durante a atividade oferecida no dia 18 de março. A satisfação e empolgação podiam ser vistas nos olhos curiosos da garotada.

Também no dia 18 de março, o Parque Estadual de Vassununga (Santa Rita do Passa Quatro-SP), famoso por abrigar um número elevado de jequitibás-rosa, inclusive o mais antigo do país com mais de 40 metros de altura, foi o cenário para 22 observadores de aves, de cinco diferentes municípios da região central do estado de São Paulo. O parque preserva uma área com cerca de 2 mil hectares, cenário ideal para observar espécies como chorozinho-de-chapéu-preto, trovoada, o bico-virado-carijó, saíra-ferrugem e pipira-da-taoca. No total, após 3h de caminhada foram registradas 58 espécies de aves, seguida pela palestra do ornitólogo parceiro da SAVE Brasil, Carlos Gussoni.

Em Bragança Paulista (SP) no dia 26 de março, 20 pessoas participaram da caminhada para observação de aves promovida pela SAVE Brasil durante a 8º Saída de Observação de Aves promovida pela Associação Bragança Mais e Observadores de Aves Urbanas. Foram observadas 63 espécies em pouco mais de dois quilômetros de caminhada! Durante este percurso foi possível percorrer vários ambientes: fragmentos de mata, brejos, córregos e pomares. Um cenário bem típico das pequenas propriedades agrícolas do interior do Brasil. Ao final da caminhada todos puderam entender um pouco mais sobre o aplicativo eBird como ferramenta de ciência cidadã aplicada a conservação.

Confira as listas das espécies observadas em cada passarinhada no eBird Brasil:

Jardim Botânico de RJ

São Francisco Xavier

Parque Estadual de Vassununga

Bragança Paulista

Passarinhadas