Nova Lista Vermelha de aves ameaçadas lançada em dezembro de 2016

IUCN_Red_List.svgEm dezembro de 2016, a BirdLife International e a IUCN divulgaram a nova lista de espécies de aves globalmente ameaçadas de extinção. A lista vermelha, ou RED LIST, foi criada em 1963 com o intuito de apresentar o estado de conservação mundial de várias espécies de plantas, animais, fungos e protistas.

A Lista Vermelha segue critérios precisos para avaliar os riscos de extinção de milhares das espécies no mundo através de categorias criadas que vão de LC (Least Concern – Menor Preocupação), até EX (Extinct – Extinta). Essas categorias permitem informar sobre a urgência para a tomada de medidas de conservação, seja para o público, como para legisladores ou mesmo a comunidade internacional, tentando assim reduzir as extinções.

Nessa nova lista de 2016,  25 espécies brasileiras sofreram alguma alteração de status ou de nome. Dessas, 9 novas espécies entraram para a lista de ameaçadas e 7 saíram da lista.  Um exemplo é o sabiá-castanho (Cichlopsis leucogenys), que entrou na lista como EN (Em Perigo). Confira aqui a lista dessas espécies e todas as alterações que as espécies brasileiras sofreram.

No site da BirdLife é possível também fazer uma busca por espécies ou região acessando o Datazone da BirdLife International: http://datazone.birdlife.org/species/search