Formigueiro-do-litoral

A Restinga de Maçambaba, localizada na Região dos Lagos, litoral norte do formigueiro_logoestado do Rio de Janeiro, consiste em uma estreita faixa de restingas litorâneas com mais de 40 km de extensão, que se estende pelos municípios de Araruama, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Saquarema.

Restinga de Maçambaba Foto: Ariane Alvarez

Restinga de Maçambaba
Foto: Ariane Alvarez

A região é considerada pela BirdLife International e pela SAVE Brasil como uma ‘Área Importante para a Conservação das Aves’ (Important Bird Area- IBA) de atuação prioritária e compreende praticamente toda a extensão de ocorrência do formigueiro-do-litoral (Formicivora littoralis) ave criticamente ameaçada de extinção só encontrada ali e em nenhum outro lugar do mundo. A sobrevivência do formigueiro-do-litoral depende da conservação das restingas, ameaçadas pela ocupação irregular, especulação imobiliária e empreendimentos turísticos mal planejados na região.

O projeto de conservação do formigueiro-do-litoral atua em diferentes linhas temáticas como Políticas Públicas, Pesquisa Científica e Educação Ambiental, visando a conservação dessa espécie e das restingas onde ela vive.

Principais resultados

  • Apoio ao ICMBio e INEA na criação do Parque Estadual da Costa do Sol, com cerca de 10 mil hectares. O Parque abrange áreas dos municípios de Saquarema, Araruama, Arraial do Cabo, São Pedro de Aldeia, Iguaba Grande e Cabo Frio e  protege o hábitat do formigueiro-do-litoral.

    Formigueiro-do-litoral (Formicivora littoralis)

    Formigueiro-do-litoral (Formicivora littoralis)

  • Desenvolvimento do Plano de Ação Nacional para a Conservação do Formigueiro-do-litoral em parceria com o ICMBio e INEA.
  • Realização da exposição itinerante “Restingas da Costa do Sol: Um olhar além das dunas”, para sensibilizar a população local sobre a importância das restingas da Região dos Lagos.
  • Implementação de curso piloto de capacitação para professores do município de Araruama.
  • Realização de atividades de educação ambiental integrando as escolas públicas e privadas dos municípios, que abrangem a área de ocorrência do formigueiro-do-litoral.
  • Produção e distribuição junto à população local de folhetos, camisetas e adesivos sobre o projeto.

Organizações parceiras

Movimento Ambiental Pingo D’Água, Instituto Biomas, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Instituto Estadual do Ambiente – RJ (INEA) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Apoiadores

British Birdwatching Fair