O importante papel da BirdLife International na nova parceria internacional de conservação - KBAs

O importante papel da BirdLife International na nova parceria internacional de conservação – KBAs

No dia 03 de setembro, 11 das principais organizações conservacionistas do mundo, incluindo a BirdLife International representada no Brasil pela SAVE Brasil, anunciaram uma nova parceria para identificar, mapear, monitorar e conservar Key Biodiversity Areas (KBAs) – locais que incluem habitats vitais para espécies ameaçadas. Esse anúncio foi feito durante o IUCN World Conservation Congress, que está sendo realizado no Havaí (EUA).

IMG_8445

Patricia Zurita, CEO da BirdLife International, falando durante o Congresso

A Parceria KBA está sendo construída em cima do histórico dos parceiros em identificação, monitoramento e conservação. Durante as últimas quatro décadas, a BirdLife identificou mais de 13.000 Áreas Importantes para as Aves e Biodiversidade (Important Bird and Biodiversity Areas – IBAs) em terra e em mar, em todas as regiões do mundo, através de seus 120 parceiros nacionais. A SAVE Brasil identificou e mapeou 237 IBAs no país, e em 2006 e 2009 lançou os livros “Áreas Importantes para a Conservação das Aves” Parte I (Estados do Domínio da Mata Atlântica) e Parte II (Amazônia, Cerrado e Pantanal), que podem ser baixados aqui.

“Para prevenir extinções de espécies e manter a diversidade da vida na Terra, é essencial que os tomadores de decisão estejam equipados com dados e conhecimento sobre os locais mais importantes para a natureza. Ao longo dos últimos 40 anos, a rede BirdLife, de 120 organizações nacionais de conservação, sistematicamente mapeou e conservou milhares de áreas vitais para as aves, fornecendo uma forte base para o sucesso da Parceria KBA. Nós abraçamos completamente nosso papel em gerir dados das KBAs em nome da Parceria KBA para informar ações de conservação direcionadas a esses locais.” – Patricia Zurita, CEO BirdLife International

Através da Parceria KBA, recursos e expertise serão mobilizados para identificar e mapear mais Key Biodiversity IMG_8444Areas no mundo todo. O monitoramento dessas áreas irá permitir a detecção de ameaças potenciais e a identificação de ações de conservação apropriadas. A Parceria também irá aconselhar governos nacionais a expandirem suas redes de áreas protegidas, e irá trabalhar com empresas privadas para garantir que elas minimizem e mitiguem seus impactos na natureza.

Essa é uma iniciativa vitalmente importante para a biodiversidade de nosso planeta”, diz Braulio Ferreira de Souza Dias, Secretário Executivo da Convenção sobre Diversidade Biológica. “Essa parceria irá aumentar os esforços globais para a conservação destacando áreas internacionalmente importantes que necessitem ação urgente de conservação. Também irá nos ajudar a alcançar as metas no Plano Estratégico para a Biodiversidade e permitir governos nacionais e organizações de conservação a garantir que recursos escassos estão sendo direcionados aos locais mais importantes para a natureza.”

A União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) se engajou com centenas de especialistas e tomadores de decisão para desenvolver um Padrão Global para a Identificação de Key Biodiversity Areas, que também será lançado durante o World Conservation Congress nessa semana.

Em particular, o conhecimento sobre as Key Biodiversity Areas irá contribuir para alcançar metas de conservação e uso sustentável dos oceanos, manejo de florestas, combate à desertificação e frear a degradação de terras.

Os Parceiros KBA são: BirdLife International, Amphibian Survival Alliance, Conservation International, Critical Ecosystem Partnership Fund, Global Environment Facility, Global Wildlife Conservation, International Union for Conservation of Nature (IUCN), NatureServe, RSPB, Wildlife Conservation Society e a World Wildlife Fund.